marina_k-20.jpg

MultiARTISTA

Marina Kerber é Mestra em Meios e Processos Audiovisuais pela USP e Bacharela em Comunicação Social com habilitação em Realização Audiovisual pela UNISINOS. Recebeu a bolsa de estudos Emerging Leaders in The Americas Program, do governo do Canadá, para estudar na Concordia University em Montreal como intercâmbio de mestrado. Fez pesquisa sobre animação na National Film Board of Canada. Durante sua trajetória acadêmica, participou de congressos e eventos na Ásia e nas Américas.

 

Atua profissionalmente no audiovisual e animação, no design gráfico, no teatro e nas artes visuais.

 

No audiovisual desempenha diferentes funções, entre elas, direção, direção de arte e animação. Participou, como diretora, de festivais de cinema com filmes como “Balão Selvagem”, “Eu prefiro sem sementes”, “O Céu da Pandemia” e "Visão Embaçada" (Festival de Cinema de Gramado, Fantaspoa at home, Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul, Monstra Festival, Diálogo de Cinema e MUMIA) e recebeu prêmios na área, como Menção honrosa pela linguagem inventiva no 1ª Mostra Luz de Cinema Latino-americano e três premiações no Festival do Minuto.  Fez parte da equipe de animação da série “Jogos de Inventar”(Bactéria Filmes) e também atuou como animadora em diversos filmes como: "Nós, batucas"(Lisi Kieling), "Berimbauzeiro" (Síncopa Filmes), "Odilon: essência, semente e luz" (Coletivo Macumba Lab e Reina Produções), além de trabalhos em publicidade. Fez a direção de arte do videoclipe "Ambição", da rapper Cristal e a produção de objetos da série "O Complexo"(Verte Filmes), entre outros.

 

Ainda no audiovisual, Marina também ministra oficinas e cursos de animação, com experiência de ensino dentro da programação de festivais (Cine Esquema Novo, Festival Santa Cruz de Cinema) e projetos sociais e culturais (RS Music LAB, Telas da Esperança, Workshop Solidário).

 

No design gráfico trabalha com identidade visual, direção de arte e como motion designer. Tem experiência de trabalho em agências de publicidade (Paim Comunicação e Be_air), trabalhando para clientes como Lojas Renner, Ashua Curve & Plus Size e Feira Preta. Também tem experiência em design e motion para eventos culturais e projetos sociais (Instituto PACS, THEMIS - Gênero, Justiça e Direitos Humanos, Projeto Odilon Lopez 50 anos, Grupo Cerco de Teatro, entre outros).

 

No teatro, trabalha desde 2008 no Grupo Cerco como atriz, dramaturga e designer gráfica, com destaque para o espetáculo “Arena Selvagem”, pelo qual foi indicada duas vezes na categoria Melhor Design Gráfico (Prêmio Cenym e Prêmio Olhares da Cena). Também trabalhou com o Grupo Pretagô, na edição e direção de imagens do espetáculo videoarte “Corpos Ditos”, que teve estreia no 27º Porto Alegre em Cena.

 

Nas artes visuais, fez a exposição intitulada "As cores que me identificam", na qual um painel de 11,5m x 1,50m com composições de obras digitais e tradicionais foi colocado na Galeria Mário Quintana na estação Mercado do Trensurb em Porto Alegre, com curadoria do SESC/RS. Também participou de exposições coletivas com trabalhos em desenho, pintura, vídeo e fotografia como 1ª e 2ª Bienal Black Art Brazil e, recentemente, foi artista convidada da primeira edição de “Encontros Projetados”, evento promovido pelo Goethe-Institut Porto Alegre, no qual uma seleção de animações de Marina Kerber e Lotte Reiniger foram projetados nas fachadas de prédios e paredes, traçando dialogo entre as obras e as formas da cidade.

Formação acadêmica

  • Mestrado, Meios e Processos Audiovisuais, Universidade de São Paulo · (2014 - 2016)

  • Intercâmbio de Mestrado, Concordia University, Montreal/Canadá · (2015 - 2015)

  • Bacharelado, Comunicação - Realização Audiovisual, Unisinos · (2009 - 2012) 

 

Prêmios

  • Indicação Melhor Design Gráfico para "Arena Selvagem", 10º Prêmio Olhares da Cena.2020.

  • Indicação Melhor Cartaz ou Programação Visual para "Arena Selvagem", Prêmio Cenym de Teatro. 2019.

  • Emru Townsend Award, 28º Annual Conference of the Society for Animation Studies (Singapura). 2016.

  • Menção Honrosa pela linguagem inventiva para o filme "Balão Selvagem", 1º Festival Luz de cinema Latino-americano. 2014.

  • Indicação a Melhor Figurino para "O Feio", Prêmio Açorianos de Teatro. 2012.

  • Reconhecimento por distinção, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. 2011.

  • Melhor vídeo universitário para "Martina", Festival do Minuto. 2011.

  • Melhor vídeo categoria Receita em 1 minuto para "Recheio de Tinta", Festival do Minuto. 2010.

  • Menção honrosa na categoria Tema Livre de junho/julho/agosto para "Pequena Porção Vermelha", Festival do Minuto. 2010.

  • 3º lugar na lista dos melhores vídeos do ano para "Recheio de Tinta", Festival do Minuto. 2010.

  • Melhor Dramaturgia para "O Sobrado", Prêmio Açorianos de Teatro. 2009.

Principais mostras e exposições em artes visuais (como Artista visual)

  • As cores que me identificam | Obras em arte digital e tradicional | Composição em painel de 11,5m x 1,50m | Galeria Mario Quintana | Estação Mercado do Trensurb | Curadoria SESC/RS | Porto Alegre - RS | 2022

  • Imersão Artística: o sensível e o político de Marina Kerber | Obras em telas e projeção de vídeos | Espaço Cerco Cultural | Porto Alegre - RS | 2022

  • 2ª Bienal Black Brazil Art. Obras em desenho digital "O Sol na cabeça" e "Acrobatika". Galeria virtual. 2021.

  • 2ª Feira Garganta: Artes gráficas e editoras independentes | Artista expositora | 2022.

  • Encontros Projetados: Marina Kerber e Lotte Reinigier. Obras de animação. Goethe-Institut Porto Alegre. 2021. 

  • 1ª Bienal Black Brazil Art. Obras em desenho e pintura: "Aos pedaços..." e "Solo Anafilático". Memorial do Rio Grande do Sul. Porto Alegre - RS. 2019 - 2020.

  • FestivaU de C4NN3$. Mostra de videoarte "Sem anos de história". Obras de animação. Lona Galeria. São Paulo - SP. 2019.

  • 9ª Bienal da UNE. Mostra de audiovisual. Obra em animação: Eu prefiro sem sementes. Rio de Janeiro - RJ. 2015.

  • II Mostra Fotográfica da SeIS - Semana da Imagem e Som da UFSCar. Obra em fotografia: Corpo humano em estado não-cítrico. São Carlos – SP. 2014;

  • L.O.T.E - Lugar, ocupação, tempo, espaço. Obras em desenho e fotografia: Pontos de vista de uma explosão. IA - UNESP. São Paulo – SP. 2014;

  • L.O.T.E - Lugar, ocupação, tempo, espaço. Obras em desenho e fotografia: Discreta melancolia funcional. IA – UNESP. São Paulo – SP. 2014;

  • Exposição coletiva “Temporubato”, promovida pelo Coletivo Or:be. Obra em animação com fotografias: Martina.  Casa de Cultura Mário Quintana. Porto Alegre – RS. 2013;

  • FestFotoPoa. Categoria fotograma livre. Obra em animação com fotografias: Martina. Porto Alegre - RS -Brasil. 2012.

  • Projeto VideoArte na Sala Redenção da UFRGS, promovida pelo Coletivo Or:Be. Obra em animação com fotografias: Martina. Porto Alegre – RS. 2012.

 

Principais festivais e exibições de cinema e audiovisual (como Diretora)

  • 48º Festival de Cinema de Gramado

  • 1º Festival Cinema Negro em Ação

  • 13º Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul

  • Fantaspoa at Home

  • Diálogo de Cinema

  • POA DOC

  • 1º CineRO - Rondônia Film Festival

  • Festival do minuto

  • 10º MUMIA – Mostra Udigrudi Mundial de Animação

  • MONSTRA - Festival de Animação de Lisboa (Lisboa – Portugal)

Entrevistas e bate-papos

Cursos ministrados

Textos publicados

Curadorias, consultorias e júri de premiações: