top of page

principais trabalhos

Miscigenação

Arte mural | Intervenção artística no muro do Goethe-Institut Porto Alegre | 2023-2024

Página do Goethe-Institut: https://www.goethe.de/ins/br/pt/sta/poa/ueb/mur.html

MISCIGENAÇÃO: Peito aberto e exposto para que todo mundo veja do que se é feito uma pessoa. Por fora uma cor, uma forma, muitas interpretações. Por dentro o colorido das vísceras e medicamentos que sustentam o mar de incertezas e ambiguidades. Um exame de DNA detecta uma mistura histórica. São feridas transmitidas por gerações: miscigenação. Des-cendente, des-manchada, depres-siva. PDARA, PTREA, NGRAE e BANARC são anagramas das palavras parda, preta, negra e branca. Estes são termos utilizados pelo IBGE para classificar raça/cor da população brasileira. O Brasil sofreu um processo de embranquecimento forçado e depois incentivado, principalmente a partir das imigrações européias. Partindo disso, na obra duas figuras de uma mesma pessoa são colocadas lado a lado, uma dividida pela separação das cores de fundo preto e branco e outra totalmente no fundo preto, mas com diversas cores que vibram dentro de si. A tarja é preta. O fazer artístico é a resistência ancestral que não foi apagada.

As cores que me identificam

Galeria Mário Quintana | Estação Mercado do Trensurb | Porto Alegre - RS | 2022.

Matéria no programa Redação TVE: https://youtu.be/ELn-H8unRos

AS CORES QUE ME IDENTIFICAM: Um autorretrato carrega a forma com que a artista se enxerga, mas a obra nem sempre condiz com o que os olhos alheios identificam no cotidiano. As matizes vistas por dentro e por fora não cabem para explicar em qual ponto do degradê étnico-racial eu, Marina, me (re)encontro. Sou uma pessoa preto e branco, por isso produzo uma melancolia multicolorida em um não-lugar que só existe, pois ainda estou aqui. E não estou sozinha. Meus traços são a cara da maior parte da população brasileira. Essas cores que me identificam não são uma escolha, mas sim uma necessidade de me inserir no espaço-tempo das tonalidades vibrantes que conseguem preencher os vazios acinzentados das misturas históricas. Essas são narrativas carregadas de memórias extremamente sensíveis, mas resistentes e persistentes.

Encontros Projetados: Marina Kerber e Lotte Reiniger

Goethe-Institut Porto Alegre | Centro Histórico de Porto Alegre-RS | 2021.

Imersão artística: o sensível e o político de Marina Kerber

Espaço Cerco Cultural | Porto Alegre - RS | 2022.

2º FESTECRI - Festival de Teatro para Crianças

Ilustração feita sob encomenda para o 2ª FESTECRI, enviado aos participantes como material de press kit.

Porto Alegre - RS | 2023

1ª e 2ª Bienal Black Brazil Art

Memorial do Rio Grande do Sul | Porto Alegre - RS | 2019 / 2020 / 2022.

bottom of page